> Palavra de amigos

Filosofia
Nem sempre espeto é de pau, Na casa de um bom ferreiro; Nem todo cachorro é gordo,
Sendo seu dono açougueiro.

Nem todo pau morre torto,
Nem todo salso é chorão;
Quantas vezes vai-se à igreja
Também não mede um cristão.

Educaram-me dizendo:
“Filho de onça é pintado”;
Às vezes, o pai é bueno
E o filho nasce aporreado.

De pouco vale um campeiro,
Sem cachorro e sem cavalo;
Naquele que pouco sabe,
O esperto dá seu pealo.


Quando o ramo não produz,
O dono corta em seguida;
E quem não presta pra nada,
Não merece a sua vida.

Na lida do dia a dia,
Homem é sempre aprendiz;
Diz-nos  a sabedoria:
Saber amar, ser feliz!

A vida faz tosa curta,
Em quem não tem serventia;
De que adianta a tripa cheia
Quando a alma anda vazia.

Onde não “hay” fraternidade
Tudo é vã filosofia


Édison Silva

Esta palavra ainda não possui comentário. Clique aqui para ser o primeiro a comentar.

Não quer ficar na cidade? Voe para o campo.

​A tese do coelho, 09.12.2012

A visita, 29.10.2012

Sua excelência: a Palavra, 28.10.2012

Filosofia, 28.10.2012

​Ouvindo o mundo, 08.02.2012

Palavras..., 05.02.2012


Vida no Campo: Querência | Raízes | Vivências | Regalos | Retratos | As novas | Opinando... | Versos | Campo lindeiro | Marcas | Chasque
Vida na Cidade: Home | Quem sou | Atividade Profissional | Fotos | Notícias | Crônicas | Poesias | Palavra dos amigos | Contato

Todos os direitos reservados | Marcio Nunes Corrêa