> Poesias

Para lembrar de nós
Não...a felicidade não irá embora...não a nossa!!!

A nossa felicidade não haverá de ser uma estrada sem cores
por onde vagueiam dores dos que não podem voltar!
A nossa será um vento, que haverá de soprar
por onde quiser estar nossas lágrimas de alegrias!

...e que não existam outras para lembrar deste tempo...
e que pelo movimento dos olhares mais tristonhos,
faculdade não rime jamais com saudade,
pois para nós faculdade rimará sempre com felicidade!

Por isso quando apagarem-se as luzes e a música calar
decerto há de ficar um pouco de nós pelos copos...
...quando se forem as vozes no sem fim do corredor
ficará algum amor ecoando nas lembranças!

Quando restarem estes versos e pouco mais
ainda haverá uma paz povoando as nossas almas...
quando a nossa mente quiser perder a razão
haverá no coração as felicidades de hoje!

Quando o amanhã nos trouxer algum sorriso
já será um paraíso a presença de algum filho...
...e este momento então não será mais que felicidade,
uma verdade infinita dessa nossa emoção!!!

Quando a vida parecer não que mais uma despedida
só haverá uma saída...lembrar de nós!


Marcio Nunes Corrêa - Recitado após discurso de formatura em que fui Paraninfo

Esta poesia ainda não possui comentário. Clique aqui para ser o primeiro a comentar.

Não quer ficar na cidade? Voe para o campo.

Payada de 96, 23.10.2013

Aniversário 11 anos NUPEEC, 02.08.2013

Silêncio no meio-fio, 06.05.2012

A morena e o infinito, 18.08.2005

Para lembrar de nós, 07.10.2004

Romance da Despedida, 16.08.1996


Vida no Campo: Querência | Raízes | Vivências | Regalos | Retratos | As novas | Opinando... | Versos | Campo lindeiro | Marcas | Chasque
Vida na Cidade: Home | Quem sou | Atividade Profissional | Fotos | Notícias | Crônicas | Poesias | Palavra dos amigos | Contato

Todos os direitos reservados | Marcio Nunes Corrêa